giovedì, giugno 29, 2006

Hoje fiquei seco por um cigarro.
Então eu lembrei que não fumo.

domenica, giugno 25, 2006

Daco é ruim

Visita tá chegando
Fui sê uma boa moça
Entrei na cozinha
Pra prepará uma rosca

O fogão era da Tati
Veio na liquidação
uma porcaria
Me queimou o meu roscão

daco é ruim
daco é ruim
queimou a minha rosca
e agora eu tô assim!


Preparem-se para a nova sensação do funk moralista brasileiro: Bonde dos Valor Familiar. Não percam!

venerdì, giugno 23, 2006

Eu dormiria se não tivesse que trabalhar.
Eu trabalharia se não estivesse com tanto sono.


Hoje eu estou com vontade de explodir o mundo. A sorte de todos vocês é que não tenho uma devida bomba e, mesmo que a tivesse, eu teria preguiça de acender o pavio.

martedì, giugno 20, 2006

O implícito é minha droga, já me sinto viciado e acaba me matando.

Resumo da ópera: queria eu ter achado meu [implícito] no lixo.

martedì, giugno 06, 2006

Feliz fim do mundo, babe. Não se esqueça de trazer as fritas.

domenica, giugno 04, 2006

Planos Pessoais

O professor falou. Disse que todos nós precisariamos apresentar os nossos projetos em um mês. Porque, antes de mais nada, é preciso saber o que queremos fazer, porque e como isso será feito. Nossos trabalhos só começam quando o projeto já está feito. Ele discursou por umas três ou quatro aulas de algumas horas cada sobre a importância do projeto. Sobre a escolha do tema, o início da pesquisa, a boa argumentação. E eu sentado ali, computador e livros e cadernos e nenhum plano.
Sou a última pessoa da sala a apresentar o projeto.
Fujo para tomar um café e pensar. Nada. Nada para dizer.

Eu volto para a sala, o professor me encara.
Qual é seu projeto, filho?

- Eu vou virar luz, professor. É isso que eu vou fazer da vida. Virar luz.

Hmn, e tem alguma implicação prática esse seu projeto?

- Eu vou sergurar um papel fotográfico e deixar minha impressão digital.